domingo, 27 de janeiro de 2008

Vida de solteiro

Hoje abri a geladeira para pegar comida e me deparei com uma cena estonteante.
30 latas de Skol geladinhas. Então, lembrei de outra coisa. Com um sorriso de orelha a orelha fui até a sala e vi meu barzinho, com uma garrafa de Red Label, uma de conhaque, uma de pinga do interior de SP e outra de Amarula.
Senti orgulho de mim mesmo. Tem coisas que a gente só valoriza quando recupera. A liberdade é a maior delas.

5 comentários:

Priscilla disse...

AEEEEEEEE... to contigo... nada como poder viver a própria vida de novo. :-)

Mz disse...

Isso é que é geladeira! Assim que tem que ser!

Dal disse...

Não é que vc tem razão?!!!
Concordo plenamente, amigo.

Andre Luis V disse...

É verdade.
Bom.... Não é por nada não, mas você aprendeu muito comigo mesmo, hein!!?
Eu não te disse???

Adriano Ratto disse...

hehehehehehe
Nada como uma cerveja atrás da outra, né André?
O problema são os porres no meio. Mas a gente só aprende, vivendo.
Valeu.